07 – Charly Tomó Demás

Escrevi essa música, que tem uma letra que mistura fragmentos de espanhol e português, em homenagem ao Charly Garcia. No final da década de 90 eu passei um tempo sendo um verdadeiro pára-raios de malucos. Por onde eu passava, nas ruas, nos bancos, nas estações eu atraía as criaturas mais loucas me falando suas mensagens malucas em situações não muito normais. Isso depois passou.

Mas quando eu conheci o Charly, vi que a loucura dele não era pose e que ele atraia todos os malucos num raio de 100km, sendo ele o mais louco de todos. Na verdade se ele fosse qualquer outra pessoa, e não um herói nacional, estaria internado há tempos. Mesmo assim genial e maluco, ele mudava de demônio pra anjo quando começava a tocar.

Então fiz essa música do ponto de vista de alguém que atrai malucos que dizem suas mensagens malucas. Talvez sejam oráculos. Talvez não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>